Pró-Sinos compartilha principais realizações de 2021 na 4ª Assembleia Geral Ordinária

 Encontro foi realizado na sede da prefeitura de Novo Hamburgo e tratou também das prioridades para 2022

 

 

 

Com vocação para apoiar os municípios que compõem a Bacia Hidrográfica do Rio dos Sinos na formulação e cumprimento da Política de Saneamento, a partir das perspectivas das áreas Técnica e de Educação Ambiental, o Pró-Sinos encerra 2021 compartilhando as principais realizações e planejando as prioridades para o próximo ano. Em 2022, o consórcio completará 15 anos de atividades. A 4ª Assembleia Geral Ordinária foi realizada nesta quinta-feira (16), na prefeitura de Novo Hamburgo.

Entre os destaques na Área Técnica estão os avanços do Programa de Monitoramento Espacial, que completou um ano em 2021. Além da análise da qualidade da água, a plataforma reúne também iniciativas relacionadas à Educação Ambiental e logística reversa. Outros pontos apresentados foram as discussões sobre a criação do corredor ecológico Sapucaia-Brigadeira, o monitoramento da invasão das palometas no Rio dos Sinos e a logística reversa, que recebeu o reconhecimento do Ministério Público acerca do programa coordenado pelo Pró-Sinos.

Na Educação Ambiental, área que está ligada à origem do consórcio em 2007, o Pró-Sinos realizou, em 2021, 226 atividades, com alcance de mais de 40 mil pessoas. Também triplicou a meta de horas destinadas à capacitação, formação e realização de oficinas temáticas, totalizando 306 horas disponibilizadas aos profissionais ligados à área ambiental. O grupo manteve contato direto com interlocutores ambientais dos municípios consorciados, com reuniões mensais para discussões, apresentação de cases e compartilhamento de abordagens replicáveis em diversos espaços.

Em 2021, o Pró-Sinos foi notícia em mais de 100 publicações, com conteúdos sobre saneamento e meio ambiente em veículos locais, regionais e estaduais. “Cada vez mais o consórcio se consolida como uma instituição que pauta a opinião pública e que é procurada para se manifestar sobre diversos temas, que vão além da questão do saneamento, como assuntos ambientais de modo geral. Isso é reflexo da credibilidade, da qualidade técnica e do trabalho realizado pelo Pró-Sinos”, destacou o presidente do Consórcio Pró-Sinos e prefeito de Esteio, Leonardo Pascoal.

Regionalização do Saneamento

No encontro, o prefeito Leonardo Pascoal destacou o protagonismo do Pró-Sinos no tema da regionalização do saneamento, atendendo ao que prevê a Lei 14.026/20. Está tramitando na Assembleia Legislativa um projeto de lei do Governo do Estado, estabelecendo a divisão regional do saneamento. Pró-Sinos e Granpal construíram uma proposta de emenda ao projeto de lei alterando a responsabilidade dos municípios e a criação de sub-blocos para que os municípios possam decidir como será a prestação do serviço. “Parabenizo o presidente Pascoal porque foi um guerreiro na questão do saneamento. Dedicou boa parte do seu tempo para que a gente pudesse ter uma solução melhor do que estavam nos impondo”, destacou a prefeita de Novo Hamburgo, Fátima Daudt, vice-presidente de Pró-Sinos e anfitriã do encontro.

Além das questões administrativas, financeiras e da área de compras e licitações, a assembleia abriu espaço para tratar da exigência legal de atualização dos Planos Municipais de Saneamento, bem como sugestões de atividades e outras pautas prioritárias para 2022. O encontro contou com a presença dos prefeitos de Ivoti, Santo Antônio da Patrulha, Glorinha, Novo Hamburgo e Esteio, além do vice-prefeito de Nova Santa Rita e representantes das cidades de São Leopoldo, Canoas, Santo Antônio da Patrulha, Parobé, Portão, Ivoti, Três Coroas, Sapiranga, Campo Bom, Glorinha, Novo Hamburgo, Esteio, São Francisco de Paula e Nova Santa Rita.





Endereço

Atendimento