Concurso Literário Meio Ambiente: Fazendo a Nossa Parte para um Mundo Melhor registra participação de mais de 500 alunos

Atividade envolveu escolas municipais de Igrejinha e contou com recursos do Pró-Sinos, por meio do Edital de Mobilização Socioambiental de 2019

 

Refletir sobre o seu papel na relação com o meio ambiente. Esse foi o convite proposto no Concurso Literário Meio Ambiente: Fazendo a Nossa Parte para um Mundo Melhor, promovido pelo Grupo Escoteiro Igrejinha (GEI), em parceria com o Consórcio Pró-Sinos e com a secretaria de Educação do município. Participaram mais de 500 crianças do 6º ao 9º Ano do Ensino Fundamental de oito escolas municipais de Igrejinha: Anita Garibaldi, Moinho, Pref. João Darcy Rheinheimer, Lajeadinho, Machado de Assis, Osvaldo Cruz, Princesa Isabel e Vila Nova.

As escolas fizeram uma pré-seleção e foram avaliadas 32 redações pela comissão julgadora, composta pela vice-presidente dos Escoteiros do Brasil – RS, Rafaela Molon Panegaz, pela coordenadora do Programa Permanente de Educação Ambiental do Pró-Sinos, Aline Paez e pela professora Ana Paula Marques Braz, da rede municipal de Igrejinha. Na avaliação, foi levada em conta a visão geral de cada redação em relação ao tema proposto.

“O Concurso Literário foi um sucesso. Mais de 500 estudantes tiveram a oportunidade de refletir acerca do nosso papel, enquanto cidadãs e cidadãos, na preservação do meio ambiente e sobre a importância da sustentabilidade para a nossa vida em sociedade. Os resultados nos motivam a manter a promoção do concurso nos próximos anos”, destaca Eduardo Manique, diretor-presidente do GEI.

A redação "O nosso futuro", da aluna Eduarda Yasmin Velho, da EMEF Lajeadinho, foi classificada em primeiro lugar. Em segundo lugar ficou a redação "Meio ambiente: fazendo a nossa parte para um mundo melhor", do aluno Pedro Henrique Valentini Moraes, da EMEF Princesa Isabel, e a terceira colocação ficou a redação "Nosso Planeta, Nossa Responsabilidade", da aluna Ana Luiza Maciel Dias, da EMEF Vila Nova. A comissão avaliadora destacou a redação "Onde as chamas passam", de Stefany dos Santos Martin, da EMEF Prefeito João Darcy Rheinheimer, como menção honrosa.

"Participar como uma das avaliadoras foi um grande desafio. Os alunos fizeram reflexões importantes sobre a nossa relação com os recursos naturais. Que possamos cada vez mais oportunizar espaços de fala e discussão entre os jovens. Eles são futuros agentes multiplicadores e têm um papel fundamental na mobilização da sociedade em prol das questões ambientais", afirma Aline.

Entre os prêmios estão mochila escolar, caderno "inteligente”, estojo completo, livro "Nossa casa está em chamas: ninguém é pequeno demais pra fazer a diferença”, garrafa retrátil, sacola de pano e caneca do Grupo Escoteiro Igrejinha. A entrega foi feita em formato Drive Thru. 

O concurso literário contou com recursos do Pró-Sinos, por meio do Edital de Mobilização Socioambiental de 2019, que disponibilizou R$ 20 mil para a Prefeitura de Igrejinha, um dos quatro municípios contemplados. Neste ano, também foi realizada a Gincana Ambiental – Juventude em Ação: Salvando o Arroio Voluntária com recursos do edital.

 

Confira as redações enviadas (clique aqui)

Confira as redações premiadas (clique aqui)

 





Endereço

Atendimento